Novo segmento da Bosch foca na mobilidade elétrica

CC Pixabay whodolDe acordo com estimativas da Bosch, quase 20 milhões de veículos híbridos e elétricos serão produzidos em 2025. Neste contexto, a empresa considera a mobilidade elétrica uma importante área de atuação no futuro. Por este motivo, o fornecedor de tecnologias e serviços está estabelecendo uma operação com esse foco.

A unidade fará parte da nova divisão de Soluções de Powertrain. A partir do início de 2018, o segmento incluirá as atividades com foco na mobilidade elétrica, assim como as atuais divisões de Sistemas a Gasolina e Sistemas Diesel. Assim, a Bosch passará a oferecer aos atuais e futuros clientes todas as tecnologias de powertrain a partir de uma única fonte.

Paralelamente à expansão da mobilidade elétrica, a empresa trabalhará intensamente no contínuo aprimoramento das tecnologias de combustão. Além dos 20 milhões de veículos híbridos e elétricos nas estradas em todo o mundo em 2025, haverá cerca de 85 milhões de novos veículos movidos a gasolina ou diesel. 

“Seja para motores a diesel, a gasolina ou elétricos, a Bosch é dos fabricantes de automóveis nas áreas de Engenharia e de Tecnologia. Estamos estrategicamente bem preparados à mudança para a condução elétrica”, afirmou o Dr. Rolf Bulander, presidente do setor de Soluções para Mobilidade e membro da direção mundial da Robert Bosch GmbH.

Maior proximidade com o mercado e os clientes

Com essa nova divisão, a Bosch quer oferecer aos seus clientes apoio a partir de uma única fonte, além de ampliar a oferta de soluções completas em sistemas, adicionalmente ao fornecimento de componentes. “De forma crescente, os requerimentos dos nossos clientes estão indo além dos motores de combustão. Essa mudança dinâmica para a eletrificação nos ajudará a formar a nova divisão. Nesse processo de transformação, estaremos lá para dar suporte aos nossos clientes com conhecimento e tecnologia”, ressalta Bulander.

A divisão de Soluções de Powertrain focará em três segmentos fundamentais: veículos de passeio e comerciais com motores de combustão interna, sistemas híbridos e veículos elétricos. Isto significa muitos desafios.

“Enxergamos um grande potencial de crescimento nos segmentos de veículos elétricos e também comerciais. Para os automóveis de passeio com motores de combustão convencional, o foco será no aumento da eficiência”, afirmou Bulander. Inovações tecnológicas serão necessárias para todas as soluções em powertrain. E no final, apenas empresas que comercializam produtos que reduzem ainda mais o consumo de combustível e as emissões permanecerão competitivas no longo prazo.

Foto: CC/Pixabay/whodol

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.