Krones instala nova tecnologia no CT do Brasil

krones_4.0_rgbA Krones do Brasil instalou um novo Checkmat com a tecnologia DART 4.0 em seu Centro de Treinamento, sendo assim o primeiro CT fora da Alemanha a receber a versão mais avançada do inspetor. Futuramente, as subsidiárias dos Estados Unidos e da China também vão contar com o mesmo modelo do Checkmat. O processo de instalação e comissionamento da máquina no Brasil ocorreu no final de janeiro, com o suporte de um profissional da matriz da Krones da Alemanha.

“Com o apoio de nossa direção, a Krones do Brasil realizou, no final de 2016, investimentos na atualização do nosso Centro de Treinamento, com a aquisição do novo Checkmat DART 4.0. Em conjunto com a matriz na Alemanha, reunimos também recursos para certificar instrutores locais e iniciar os treinamentos de atualização do corpo técnico local e regional para a nova tecnologia”, destaca Sandro Cubo, gerente de Field Service na Krones do Brasil.

“A atualização de nosso Centro de Treinamento mostra a preocupação da Krones em oferecer cursos de capacitação alinhados com o que há de mais moderno em termos de tecnologia em máquinas e equipamentos”, complementa Marcelo Renzo, coordenador do Service Training Center da Krones do Brasil. A expectativa é de que, ainda este ano, outro inspetor do CT brasileiro, um Linatronic, seja substituído por um novo equipamento também com a tecnologia DART 4.0.

No caso do Checkmat, a atualização tecnológica permite, de modo geral, uma redução no tempo e nos custos com a instalação do equipamento. O Checkmat é um inspetor versátil, capaz de operar com diferentes tipos de embalagem e realizar variadas possibilidades de controle em uma linha de envase, como inspecionar o nível de enchimento de um recipiente, o seu fechamento e a sua rotulagem. Com a tecnologia DART 4.0, a operação da máquina torna-se mais fácil, com configuração prática e fácil manutenção.

Além da já mencionada redução no tempo de instalação devido à baixa utilização de cabeamento, os outros benefícios são: uso de unidades de I/O descentralizadas e unidades conectáveis, facilidade na resolução de problemas, sistemas compactos e mais econômicos com várias câmeras, de maior resolução, e computador e mídia de armazenamento mais rápidos (Industrial C-Fast), reduzindo o tempo de inicialização e processamento.

Com a instalação do novo Checkmat no Centro de Treinamento do Brasil, a Krones passou a oferecer para técnicos da empresa, brasileiros e de outros países, como México, Argentina, Chile, Colômbia, Guatemala e China, um programa de capacitação para esta nova tecnologia do inspetor. Os treinamentos iniciais têm contado com o suporte de Carsten Widera, instrutor da matriz da Krones da Alemanha.

No Brasil, o primeiro treinamento foi realizado em 6 de fevereiro, com cinco participantes – três da Krones do Brasil, um da empresa no Chile e outro da Colômbia. Já estão programados outros treinamentos no Brasil para 31 de março e 17 de abril.

“O Checkmat DART 4.0, embora ainda seja uma tecnologia bastante inovadora para o mercado brasileiro, terá demanda no futuro. Por isso, temos que estar preparados para trabalhar com estas inovações”, afirma Marcelo Renzo. “Outro ponto importante é termos instrutores capacitados para ministrar cursos fora do Brasil também, inclusive na Alemanha, quando nossa matriz demandar nossos serviços.”

A Krones estima que, em todo o mundo, mais de 200 técnicos da empresa deverão passar pelo programa de capacitação na nova tecnologia do Checkmat. A Krones do Brasil conta atualmente com 92 técnicos, dos quais cerca de 10 profissionais trabalham na área de inspeção. Desde a inauguração do Centro de Treinamento no Brasil, há dois anos, a Krones tem ampliado a contratação e capacitação destes profissionais.

“As metas traçadas desde a inauguração de nosso Centro de Treinamento estão sendo concretizadas ao longo desses últimos dois anos com êxito. Os nossos instrutores já realizam treinamentos de formação em outras filiais e na matriz, o que demonstra a sinergia do Grupo Krones na preparação e qualificação do seu corpo técnico”, ressalta Sandro Cubo.

Foto: Divulgação Krones

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.