Goethe Institut oferece formação para professores dos CELs

O secretário da educação José Renato Nalini recebeu em seu gabinete representantes do  Goethe Institut para assinatura de acordo com o instituto alemão. São Paulo: 27/01/2017. LOCAL: São Paulo/SP  FOTO: Mastrangelo Reino/A2IMG
O secretário da educação José Renato Nalini recebeu em seu gabinete representantes do Goethe Institut para assinatura de acordo com o instituto alemão.

O secretário José Renato Nalini e o procurador Thomas Johannes Godel, representando a diretora executiva Katharina Malutta von Ruckteschell Katte, assinaram nesta sexta-feira (27) um Acordo de Cooperação entre a Secretaria da Educação do Estado e o Goethe Institut (Centro Cultural Brasil Alemanha). O trato prevê que o instituto ofereça formação e atualização de professores da língua alemã nos Centros de Estudos de Línguas (CELs).

O Goethe deve arcar com as despesas de alimentação, incluindo almoços e pausas para café, e com os honorários dos professores, além de fornecer material didático.

O objetivo é aprimorar o ensino de alemão na rede estadual em um programa de formação contínua que propicie ao professor da disciplina um desenvolvimento metodológico, linguístico e cultural mais próximo do aluno.

Língual alemã nos CELs

Nos CELs, há 1.850 alunos cursando alemão em 33 escolas. Atualmente, a rede estadual de ensino possui 60.158 alunos matriculados em 213 Centros de Estudos de Línguas. Quando concluem um curso de idioma, os alunos recebem um certificado que é emitido pela unidade escolar a qual o CEL está vinculado.

Em junho do ano passado, o secretário recebeu Leonardo de Souza Pinto, aluno premiado pelo Instituto Goethe pelo seu desempenho em língua alemã na EE Plínio Negrão, e Aderson Toledo, professor da DE Sul 1.

O aluno se destacou na avaliação Fit in Deutsch 1, promovida pelo Instituto, e ganhou uma viagem de uma semana com todas as despesas pagas para um curso de imersão em alemão em um resort localizado na Praia do Forte, Mata de São João, na Bahia.

Foto: A2img / Mastrangelo Reino

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.