Brasil recebe 1º Centro de Estudos Alemães e Europeus da América Latina

cc-pixabay-fillA Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), dentro de uma seleção realizada em todo Brasil, foram as instituições selecionadas para fundar o Centro de Estudos Alemães e Europeus no Brasil com o apoio do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), por meio de recursos do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha (AA). A abertura do novo Centro em Porto Alegre está programada para março de 2017.

Os objetivos principais do Centro de Estudos Alemães e Europeus consistem em oferecer a uma nova geração de acadêmicos, pesquisadores e estudiosos brasileiros conhecimento, interdisciplinar e orientado à prática, sobre a Alemanha e a Europa contemporâneas relevante ao Brasil e à América Latina. A proposta conjunta da UFRGS e da PUCRS abrange especialmente três fenômenos-chave: globalização, desenvolvimento sustentável e diversidade cultural. O CEAE introduzirá cursos de pós-graduação baseados nessas temáticas, começando em 2017 com uma oferta de cursos de especialização na área de Direito.

O novo Centro será instalado na PUCRS, onde foi oferecido espaço pelo reitor da instituição. A direção do Centro de Estudos Alemães e Europeus no primeiro ano de gestão estará sob o comando da Profª. Drª. Claudia Lima Marques, professora titular da Faculdade de Direito da UFRGS, doutora pela Universidade de Heidelberg e já dirigiu diferentes instituições. O vice-diretor será o Prof. Dr. Draiton Gonzaga de Souza, decano da Escola de Humanidades PUCRS, doutor em Filosofia pela Universidade de Kassel e premiado tanto pelo DAAD quanto pela Fundação Alexander von Humboldt.

“A colaboração sólida há décadas e o frutífero diálogo acadêmico com as parceiras universidades e instituições de pesquisa alemãs e europeias devem ser consolidados com este Centro. Como primeira diretora, ao lado do colega Draiton Gonzaga da PUCRS, espero que este Centro possa se tornar um marco nos estudos europeus e alemães não só em nossas duas universidades, mas também na América Latina, com a colaboração de nossos parceiros latino-americanos e brasileiros de todo o país”, comenta Drª. Marques.

O Centro ajudará a garantir a continuidade da cooperação acadêmica entre Brasil e Alemanha e a promover ligações entre disciplinas que tratem de temas relacionados com a Alemanha. Ênfase especial será dada à cooperação com a rede mundial de Centros de Estudos Alemães e Europeus fomentada pelo DAAD. Pretende-se que o Centro brasileiro se torne uma parte visível e ativa desta rede.

Centro de Estudos Alemães e Europeus no mundo

A rede de Centros de Estudos Alemães e Europeus fundada pelo DAAD com recursos do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha (AA), que comemora 25 anos em 2016, é composta por 20 unidades em universidades selecionadas em 11 países.

Os três primeiros centros foram fundados nos Estados Unidos em 1991 – na Universidade de Harvard, na Universidade da Califórnia e na Universidade Georgetown. Desde então, foram criadas unidades na Europa, na Ásia e na América do Norte. Nos últimos anos foram abertos Centros de Estudos no Japão (Universidade Todaí), na China (Universidade de Pequim), em Israel (Universidade Hebraica de Jerusalém e Universidade de Haifa) e na Coreia (Universidade Chung-Ang). O Centro em Porto Alegre será o primeiro na América Latina.

Nos últimos anos, o DAAD tem incentivado a troca de informações entre os membros da rede de centros de estudos por meio de conferências (Berlin 2003, Birmingham 2005, Amsterdam 2007, Berlin 2010, Pequim 2012). A próxima conferência, que contará com a participação da  diretoria do novo Centro em Porto Alegre, será realizada de 8 a 10 dezembro, em Washington.

Para saber mais sobre os Centros em atividade, acesse: https://www.daad.de/der-daad/unsere-aufgaben/deutsche-sprache/zentren/en/ (em inglês) e https://www.daad.de/der-daad/unsere-aufgaben/deutsche-sprache/zentren/de/ (em alemão)

Foto: CC/Pixabay/fill

Com informações do DAAD Brasil – Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.