Henkel bem posicionada para o futuro

2017-agm-vanbylen-speech-roomDurante a Reunião Geral Anual da Henkel, realizada em abril, o CEO Hans Van Bylen apresentou os desenvolvimentos-chave para o ano fiscal de 2016. Ele delineou a direção estratégica e as prioridades para os próximos anos e forneceu uma perspectiva para o atual ano fiscal.

Hans Van Bylen apresentou o forte desempenho de negócios da Henkel no ano fiscal de 2016, pelo qual os acionistas receberão um dividendo recorde. “2016 foi um ano muito positivo para a Henkel. Em um ambiente de mercado desafiador, alcançamos novos níveis recordes em vendas e lucros. Queremos agradecer a todos os nossos colaboradores em todo o mundo que contribuíram de maneira significativa para esse sucesso”, disse Hans Van Bylen, que foi nomeado CEO em maio do ano passado.

Dividendos propostos alcançam uma nova alta

Foi proposto aos acionistas um aumento de 15 centavos por dividendo das duas classes de ações para 1,62 euro por ação preferencial e 1,60 euro por ação ordinária, representando um aumento de mais de 10% em comparação ao ano anterior. “Este é o maior dividendo já pago”, disse Hans Van Bylen. “A relação de pagamento permanece em torno de 30%, assegurando uma sólida base financeira que nos permitirá investir mais no crescimento e a continuar a criar valor sustentável”.

henkelbandeiras2017“Henkel 2020+”: Foco em crescimento rentável

Hans Van Bylen também delineou o desenvolvimento futuro da empresa e as prioridades estratégicas para os próximos anos. “A Henkel está bem posicionada para o futuro. Para permanecermos com bons resultados, desenvolvemos objetivos concretos e prioridades estratégicas até 2020 no decorrer do último ano”.

Impulsionar o crescimento, acelerar a digitalização, aumentar a agilidade e financiar o crescimento – essas são as quatro prioridades estratégicas de foco da Henkel para os anos por vir. Combinadas aos valores corporativos, essas prioridades guiarão a Henkel para deixar a empresa ainda mais competitiva e bem-sucedida até 2020.

Previsão para o ano fiscal 2017

Para o ano fiscal de 2017, Hans Van Bylen confirmou a previsão da Henkel que já havia sido anunciada na Conferência de Resultados Anual da empresa: “Esperamos um crescimento de vendas orgânico de 2 a 4%, com margem EBIT ajustada subindo mais de 17% e ganhos ajustados por ação preferencial aumentando entre 7 e 9%.”

 

Fotos: Divulgação Henkel

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.