Beiersdorf apresentou crescimento no final de 2016

calculadora_sxcA Beiersdorf continuou seu caminho de crescimento sustentável e rentável em 2016, mesmo em condições políticas e econômicas difíceis em alguns países e em uma concorrência consideravelmente mais apertada.

As vendas do grupo aumentaram 3,2% em 2016. Em termos nominais, aumentaram de 6,686 bilhões de euros para 6,752 bilhões. Os dois segmentos da companhia contribuíram para esse sucesso. A Beiersdorf confirma a significativa melhora da margem EBIT consolidada em relação ao ano anterior.

“2016 foi um ano bem-sucedido. Melhoramos continuamente ao longo do ano e apresentamos um quarto trimestre forte. Os aumentos de vendas e as quotas de mercado obtidos são provas de nossa alta competitividade, de nosso modelo de negócio e da atratividade de nossos produtos e inovações. Olhamos para 2017 com otimismo”, disse Stefan F. Heidenreich, CEO da empresa.

Negócio do Consumidor

O segmento alcançou um crescimento orgânico nas vendas de 3,3% em 2016. Em termos nominais, as vendas aumentaram 1,1%, passando de 5,546 bilhões de euros para 5,606 bilhões. O crescimento foi gerado em todas as regiões. As três principais marcas da empresa (NIVEA, Eucerin e La Prairie) também contribuíram para esse resultado.

Negócio tesa

A tesa registrou um crescimento de 2,6% no ano passado. As vendas aumentaram 0,6%, passando de 1,140 milhões de euros para 1,146 milhões. O segmento melhorou sistematicamente ao longo de 2016 e fechou o ano com êxito. Os negócios industriais e comerciais com os consumidores contribuíram para o desenvolvimento positivo da tesa.

Todos esses números são preliminares e ainda sujeitos a auditoria. Os resultados finais serão apresentados na Conferência de Imprensa das Contas Anuais e na Reunião de Analistas Financeiros, em Hamburgo, dia 8 de março.

Foto: SXC

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.