Prêmio von Martius 2016 homenageia iniciativas sustentáveis

4n4a1343_rgbNo dia 19 de outubro, ao final do Congresso Ecogerma 2016, aconteceu a entrega do 15° Prêmio von Martius de Sustentabilidade, organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK São Paulo) e com o patrocínio das empresas Henkel e Lanxess. O evento destaca iniciativas de pessoas, empresas, organizações da sociedade civil e do poder público que promovem ações sustentáveis. 

Os três melhores colocados em cada uma das áreas (Humanidade, Natureza e Tecnologia) foram homenageados. Por conta do centenário da AHK São Paulo, uma categoria a mais foi inserida: a Startup Recursos Hídricos. Reconhecidos profissionais da área da Sustentabilidade julgaram, no total, 133 projetos.

Humanidade

Em primeiro lugar ficou a ABVTex (Associação Brasileira do Varejo Têxtil), com seu projeto de certificação de fornecedores. Edmundo Lima, diretor executivo da empresa, afirmou: “nosso projeto atua na cadeia de fornecimento de produtos de moda. Ele visa levar melhores práticas e responsabilidade social para a área, beneficiando os trabalhadores com as questões de saúde, segurança e condições de trabalho”. Lima completou que a vitória motivará a ampliação da iniciativa em todo o setor.

O segundo lugar ficou para a Prefeitura Municipal de Santo André, que apresentou um plano educativo voltado à gestão e conservação dos recursos hídricos. Em terceiro, ficou o Consorcio Intermunicipal das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, com um programa de educação ambiental a partir de metodologias diferenciadas.

Natureza

A Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras, visando a conservação e restauração da floresta com araucárias associada ao fortalecimento da base de cadeias produtivas, recebeu o primeiro lugar. Em segundo, ficou o Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental, por conta do seu projeto de avaliações ambientais e extensionismo conservacionista. A Fundação de Pesquisas em Tecnologia e Inovação – IPTI do OI Futuro conseguiu a terceira posição, com sua tecnologia social voltada à geração de trabalho e à educação para a sustentabilidade. 

Tecnologia

O primeiro colocado foi a Iniciativa Verde, que apresentou um plano de adequação de pequenas propriedades rurais com instalações de saneamento básico e sistemas produtivos sustentáveis. A Universidade Federal do Piauí, segundo lugar, entregou um projeto sobre a produção de biodiesel a partir do óleo extraído das vísceras da tilápia. A terceira posição ficou para Engia Brasil Energia, Consórcio Itá, Consórcio Machadinho e UFSC. O trabalho conjunto consiste na instalação, operação e monitoramento de módulos de avaliação com tecnologias fotovoltaicas em oito localidades com climas diferentes, além da manutenção da Usina Fotovoltaica Cidade Azul.

Startup – Recursos Hídricos

A categoria buscou startups com foco em soluções inovadoras para problemas hídricos. A ganhadora foi a Agrosmart S.A., que apresentou um projeto de melhoria da produtividade e otimização do uso de recursos na agricultura, a partir da conexão do agricultor a sua plantação.

Foto: AHK São Paulo/Felipe Mairowski

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.