Câmara Brasil-Alemanha realiza imersão em Indústria 4.0 na Alemanha

imersaoAconteceu em abril a Imersão Internacional Indústria 4.0, realizada pela Câmara Brasil-Alemanha, por meio de seu departamento de Inovação e Tecnologia, em parceria com o SENAI Santa Catarina. A delegação contou com 15 participantes, entre eles, alunos do Master in Business Innovation (MBI) de Indústria Avançada, curso de pós-graduação oferecido pelo SENAI-SC.

Por meio da imersão, realizada entre os dias 17 e 20 de abril, os participantes tiveram a oportunidade de vivenciar a estratégia alemã para promover a Inovação e a Indústria 4.0. Além disso, puderam compreender o papel das empresas e das instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação para Indústria 4.0, além de conhecer de perto casos reais de Indústria 4.0 aplicados com foco em manufatura. A Alemanha é o berço da Indústria 4.0, também chamada de Quarta Revolução Industrial, conceito que engloba a informatização da manufatura e que possibilita, utilizando Inteligência Artificial, Internet das Coisas, entre outras, a criação de fábricas inteligentes. 

Ao longo dos quatro dias, o grupo passou pelas cidades de Munique, Stuttgart, Nürnberg e Berlim. Em Munique, os participantes foram recebidos pelo Ministério de Economia, Energia e Tecnologia do Estado da Baviera, pela instituição acatech (Academia Alemã de Ciência e Engenharia), pela Universidade Técnica de Munique, e pelo Centro de Inovação da T-Systems. “Ficamos sempre muito felizes em receber delegações internacionais, que querem trocar experiências e compartilhar suas visões sobre o tema”, afirma Dra. Martina Kohlhuber, da acatech.

O grupo também visitou as empresas TRUMPF e Festo, em Stuttgart; o Instituto Fraunhofer de Circuitos Integrados (IIS) e a empresa Robert Bosch, em Nürnberg; e, por fim, o Instituto Fraunhofer de Sistemas de Produção e Tecnologia de Design (IPK), em Berlim. “É muito interessante para nossa instituição poder ter essa troca de experiências com diversas áreas da indústria brasileira, mostrar o que é a Indústria 4.0 e ajudá-la nessa transferência de tecnologia”, comenta Rodrigo Pontes do Instituto Fraunhofer IPK.

Os participantes puderam ter uma nova perspectiva sobre o tema, que ainda é novo no Brasil. “Realizamos visitas muito interessantes com riquíssimas apresentações. Esta imersão nos ajudou muito a repensar as estratégias brasileiras, pois pudemos ter uma noção do gap que temos atualmente em relação à Alemanha e o que podemos fazer para diminuir este gap”, afirma Hugo Kitagawa, da empresa RHODIA.

Além de visitar instituições e empresas renomadas, os participantes tiveram a chance de fazer novos contatos e conhecer potenciais parceiros, contribuindo também para a cooperação entre empresas e Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação brasileiras e alemãs.

A Câmara Brasil-Alemanha realiza anualmente diversas delegações para a Alemanha sobre diversos temas. Clique aqui para saber das próximas atividades da Câmara.

Para saber mais sobre o programa MBI de Indústria Avançada do SENAI-SC, clique aqui.

Foto: AHK São Paulo