Publicidade
OK
Turismo & Cultura / Cultura
 E-mail
 Orkut
  Twitter
 Favoritos
 RSS
5/2/2010 - 17:09
De pólo industrial a metrópole cultural da Europa

Durante todo o ano, a região de Ruhr - maior distrito industrial da Alemanha – será a Capital Europeia da Cultura. Mais de 2,5 mil atrações culturais estão na programação

Durante todo o ano, a região do Ruh, na Alemanha, será a Capital Europeia da Cultura, com mais de 2,5 mil atrações / Foto : Manfred Vollmer

Os principais símbolos da região do Ruhr, no noroeste da Alemanha, sempre foram as minas de carvão, a siderurgia e as chaminés das fábricas que a transformaram no maior distrito industrial do país. Neste ano, porém, as 53 cidades que compõem a localidade, com cerca de 5,3 milhões de habitantes, transformam-se na Capital Europeia da Cultura. Mais de 2,5 mil eventos culturais estarão à disposição de moradores e visitantes ao longo de 2010.

A programação diversificada inclui teatro, música, artes visuais e festas. “Nosso lema é transformação pela cultura, e cultura pela transformação. Queremos configurar uma nova metrópole e mobilizar a Europa”, comenta o gerente do evento, Oliver Scheytt. Os números ajudam a ilustrar a grandeza e diversidade cultural desta parte da Alemanha: na região moram pessoas de 170 países, há 200 museus, 120 teatros, 100 espaços para concertos e 250 festivais e feiras – que serão multiplicados durante o Ruhr 2010.

Escolha

A eleição da Capital Europeia da Cultura é uma iniciativa da União Europeia para promover e estimular o potencial cultural de uma localidade do continente, realizada desde 1985. Neste ano, Ruhr divide o título com Pécs, na Hungria, e Istambul, na Turquia. Mais informações sobre a programação do Ruhr 2010 podem ser encontradas no site oficial do evento. 



Outras Imagens




 

Acompanhe: